Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



COMPORTAMENTOS BIZARROS E "COMUNS"

por Keila, a Loba, em 03.08.07
Image Hosted by ImageShack.us


Com certeza você conhece alguém que passa o dia inteiro falando da vida alheia e não faz nada útil, acertei?

Você é daquelas pessoas que gosta de ver cenas de mutilações, explosões, agressões e acidentes chocantes e fantásticos, pessoas correndo, polícia, bombeiros, sangue, morte e sofrimento?

Gosta de manusear e repassar a meio mundo noticias de golpes, alertas de vírus, truques bancários e afins em mensagens do tipo "cuidado!", "proteja-se!", "seu computador está infestado de vírus" para os amigos via internet, e estas causam pânico e você considera estar fazendo um grande bem a humanidade disseminando esse terrorismo?

Que tal ficar observando o comportamento, o padrão de vida dos vizinhos, e com isso monitorar o que compram, o que têm, os amigos, o lazer, e ter uma baita inveja enrustida de vizinho simpático e generoso?

Há uma categoria de internautas que adora repassar a quantos puder mensagens com mulheres libidinosas, em cenas chocantes com animais, usando drogas, se prostituindo, sendo ameaçadas e estupradas por 3, 4 homens...

É difícil não dar conta de alguém que faz o tipo emocionalmente equilibrado e que tem sempre sábios conselhos a dar, que assume comportamento maduro, moral e ético, tradição é sua cara, mas a vida pessoal esconde trapaças, infidelidade, destrato, indiferença e frieza extrema;

E quantos não acreditaram estar diante da pessoa perfeita, da alma gêmea, alguém com pensamentos e emoções em sintonia, afinidades nos gostos e escolhas, defeitos invisíveis, e entregou-se de corpo e alma à paixão e, literalmente, caiu com os burros n'água ao descobrir que se apaixonou por uma mentira, uma farsa, uma grande e absurda trapaça?

Aqui no Brasil, quantos de nós acreditaria existir um chefe de administração pública que não leva ilegalmente material "da repartição" para casa, que não seja capaz de meter a mão no dinheiro público, que não cobra 20% sob as transações licitatórias, que não tenha entrado no serviço público por "peixada, e da grande!", que não faça uso do ditado, "se ELES levam, se se dão bem, eu também tenho que me dar bem"?

Ao encontrar uma carteira jogada ao chão, com talão de cheques, vários cartões de créditos, faturas altíssimas que ilustram ser seu dono alguém rico, dinheiro em espécie o bastante para uma boa farra, quantos de nós entregaria ao dono essa carteira intacta e com todos os valores intocados?

Quantos de nós suportaria assumir um cargo parlamentar, passar a fazer parte de importantes grupamentos políticos, ter a oportunidade de estar com empreiteiros, empresários, políticos e afins e não deixar-se seduzir pela propina, ter acesso ao catálogo das possibilidades de como lesar o erário e de ver exemplos de "quem se deu e se dá bem com isso", e não cair na tentação?

...

O fato é que estamos todos muito doentes, os governantes estão desacreditados, a política personifica a tragédia mundial, as relações e inter-relações estão fragmentadas, a maneira como vemos e sentimos a Terra está destruindo o presente e futuro das gerações, os povos em grande parte do mundo estão doentes, famintos, desempregados, oprimidos, solitários, com medo e sofrendo da normose coletiva...

A maior doença da atualidade não é a depressão, como dizem alguns médicos, mas a omissão e a apatia. Diga o contrário, se for capaz!

Essa breve pesquisa bizarrológica seria capaz de levantar e enumerar vários outros comportamentos estranhos que muitos de nós têm, mas os reconhecemos apenas entre a classe política. Porque será? Deixo os comentários para que façam uso da palavra e da emoção, e relatem aqui outras manifestações que não fui capaz de lembrar e listar, mas você o fará!

O mundo, o Brasil,  têm conserto?


Post inspirado no texto, "Os Arquivos Bizarros", Revista Galileu, Editora Globo.

Image Hosted by ImageShack.us

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:01


52 comentários

Sem imagem de perfil

De katia a 03.08.2007 às 03:38

Obrigado por me visitar. Minhas férias já acabaram, mas não consegui voltar ao meu ritmo antigo. Fatores diversos, mas estou passando por momentos difíceis que estão me deixando sem ânimo de escrever. Espero que passe logo e consiga voltar ao meu antigo ritmo. Valeu as palavras amigas, com certeza me ajudarão a voltar mais rapidamente. Bjus
Sem imagem de perfil

De Bruxinhachellot a 03.08.2007 às 14:10

Se houver conserto para o Brasil desconheço, pois desde seu descobrimento que ele está cada vez mais quebrado.

Beijos de presentes.
Sem imagem de perfil

De vitoria a 03.08.2007 às 18:05

Muito limpida a descrição ,um bisturi de visão sobre a realidade...Eu própria,sendo estranjeira,me enquadro no dolce fare niente,....resignada,apática,quieta....Estou doente num mundo doente e não tenho mais "força",vida esperança ou vontade de lutar por ,..como há 20 anos atrás....:((
Sem imagem de perfil

De ANA a 03.08.2007 às 20:34

jinhos eternos de luzinhas muito luminosas minha eterna amiga!!!
Sem imagem de perfil

De Andarilha descalça a 03.08.2007 às 20:39

Oi minha amiga!
às vezes penso estar dormindo e estar num pesadelo sem fim...
porque o que me rodeia nem sempre é o que queríamos .. mas, tenho a poesia que me protege e me empurra pra frente.
Muitas vezes reclamamos abrigos, carinhos, solidariedade, pureza e esquecemos que para ter é preciso primeiro dar. E nem sempre o fazemos.
e tbm cansei de esperar milagres vindos dos grandes:empresários, ,banqueiros corruptores, políticos picaretas, pastores ,etc., etc., etc....que nunca acontece.
Então vamos nos unir em torno da poesia e viver a vida com dignidade e alegria. bjus no coração..
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.08.2007 às 21:44

Passei para deixar um abraço e desejar um bom fim de semana!***
Sem imagem de perfil

De plum a 03.08.2007 às 21:45

O comentário anónimo em cima é meu eheh!!!
Sem imagem de perfil

De Jac C. a 04.08.2007 às 00:25

Ai, que imagens lindas! Hummmmmmmm...
Loba, vc é de Bauru?
Ah, quem não conhece pessoas como narras aqui?
Lamentavelmente elas estão ao nosso redor.
E quer saber? Nosso mundo está desse jeito por rejeitar o amor.
Quem ama é incapaz de sacanear seu próximo seja como for.
Amor? Quem afinal sabe o que é isso?
Bjs e bom fim de semana, amiga!
Sem imagem de perfil

De lobo a 04.08.2007 às 13:17

Li atentamente a lista de coisas estranhas que fazem parte do nosso repertório pessoal, loba, e pra falar a verdade há coisas bem mais absurdas que não constaram no rol. Você tem razão quando escancara as nossas doenças de nome apatia e indiferença, e a pior coisa é ter a certeza de que os pólíticos sabem disso, também são apáticos e omissos, e tiram grande proveito disso. A pergunta é: quereremos acordar um dia? Componos o cotidiano desses caras que nos roubam, que nos fragilizam e empobrecem porque somos eles também! Que coisa horrível de saber e sentir, loba.
Sem imagem de perfil

De DO a 04.08.2007 às 16:27

Receio que não,LOBA.
Vivo me questionando sobre isto e ,pessimismo à parte,não vejo saida não.
Como vc bem disse,a humanidade está toda doente.
E algo precisa ser feito urgentemente.

Beijo grande!

Comentar post


Pág. 1/6



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho