Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cores, Nutrientes e Crenças

por Keila, a Loba, em 01.10.07
Enquanto comprava legumes na feira, vi pessoas de todas as idades e necessidades adquirindo gêneros, frutas e verduras, e pela primeira vez pude perceber a riqueza de cores e formas que a natureza usa para distinguir um vegetal do outro. A Mãe Terra é soberana em todos os processos que utiliza para nos dar a vida, e pouco fazemos para perpetuar aquilo que Ela nos dá de forma intensa e materna, que é nos alimentar, independente de quem sejamos.

Certamente as cores, consistência e aparência dos vegetais têm muito a ver com os nutrientes que eles carregam, por isso resolvi pesquisar cromoterapia e dietética para dizer-lhes que não é por acaso que as frutas, verduras e hortaliças têm vitaminas, minerais e outros nutrientes que fazem tão bem à saúde.


Image Hosted by ImageShack.us


O Tomate: O tomate é boa fonte das vitaminas A, B e C e do Complexo B, de sais minerais como Fósforo, Ferro, Potássio e Magnésio. Contém baixo teor de calorias. As vitaminas do Complexo B ajudam na regularização do sistema nervoso e aparelho digestivo, tonificam o músculo cardíaco, colaboram para a pele e para o crescimento. Já a vitamina C, principal componente do tomate, dá resistência aos vasos sanguíneos, vitalidade às gengivas, evita a fragilidade dos ossos e má formação dos dentes, contribuindo no combate a infecções e cicatrização de ferimentos.

O vermelho - De todas as cores, é a mais poderosa, devendo ser usada com prudência. É vitalizante, estimulante e excitante, além de aumentar a pressão sanguínea. Pode estar associada ao perigo, advertência e guerra, mas também a vida, ao sol, à chama e energia. Associa-se ao chakra sacral. Intensifica as funções do corpo estimulando o sistema nervoso e fortalecendo a atividade do fígado. Representa a Paz, colaboração e dedicação à vida. O vermelho aumenta a energia vital.

A cenoura: é uma grande fonte de vitamina A, cujas necessidades diárias podem ser quase que totalmente supridas com apenas 100 gramas desse legume. A cenoura contém sais minerais (Fósforo, Cloro, Potássio, Cálcio e Sódio) necessários ao bom equilíbrio do organismo, e vitaminas do Complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e a função do aparelho digestivo.

A cor Cenoura - Representa sabedoria, equilíbrio e iluminação; proporciona maior alegria, jovialidade e libido, também elimina gorduras em áreas localizadas. É a cor da alegria, podendo ser usada para dar mais vida a uma atitude. É antidepressiva, promove a boa digestão, beneficia a maior parte do sistema metabólico, rejuvenesce e vitaliza, podendo também elevar a pressão sanguínea. Associa-se às glândulas supra-renais.

A couve: Possui quantidade apreciável de sais minerais importantes que atuam na formação dos ossos, dentes e sangue e, entre eles, estão o Cálcio, Fósforo e o Ferro. Além disso, apresenta vitaminas do Complexo B (B2 e B5) que tem por funções evitar problemas de pele, do aparelho digestivo, são essenciais ao crescimento e evitam a queda dos cabelos.

O branco - Representa pureza em sua forma extrema, a ressurreição e a ascensão. Diferentemente do preto, tudo é excluído da cor branca. Tanto a cor branca como a preta encerram em si a total potencialidade. O branco representa a pureza de todos os seres. Por outro lado, encerra o isolamento, já que tudo se exclui dele.

O pimentão: É uma boa fonte de vitamina C, contendo ainda vitamina A e pequenas quantidades de Cálcio, Fósforo, Ferro e Sódio. A vitamina C dá resistência aos vasos sanguíneos, evita fragilidade dos ossos e má formação dos dentes e age contra infecções. Esse legume é excitante da digestão e constitui-se num bom remédio contra hemorróidas. Por todas as suas características é bom para a pele, unhas e cabelos.

O verde – Cor que deve ser usada com muito cuidado. Pode ser utilizada para desequilibrar as vibrações causadas pelo raio de uma doença. Associada ao chakra cardíaco, pode ser útil em problemas do coração, úlceras, dores de cabeça, casos de câncer e outros. Também pode estar associada afetivamente à paz, natureza, saúde, abundância, tranquilidade, equilíbrio, esperança e juventude. Harmoniza as flutuações do estado de espírito e provoca melhor equilíbrio nos casos de insatisfação e impaciência. Representa a Verdade, a precisão das Leis Divinas.

A Beterraba: Além do açúcar, esse legume é muito rico em vitaminas A, do Complexo B e vitamina C (que só é aproveitada pelo organismo quando a beterraba é consumida crua) e, em sais minerais, como Sódio, que protege o organismo contra a perda excessiva de líquidos; Potássio, necessário para a atividade muscular normal; Zinco, elemento necessário aos tecidos cerebrais; e Magnésio, que é constituinte do osso e regula as funções musculares e nervosas.

A cor Violeta – Traz equilíbrio da consciência: dignidade e divindade, mas também estabilidade. Relaciona-se à mentalidade humana e pode remeter a uma integração como o espaço, com a concentração voltada para um fim específico (oração ou meditação). Eleva a auto-avaliação e a auto-estima de quem perdeu o senso da beleza humana, além de devolver o rítmo do sistema (glândula pineal). Purifica o organismo atuando de modo calmante sobre os músculos do coração e sobre os outros músculos do corpo. Também acalma a superexcitação nervosa. Representa a misericórdia, transformação e liberdade.

A Melancia: Além de doce e muito refrescante, a melancia é muito nutritiva. Possui hidratos de carbono (açúcar), betacaroteno (provitamina A) e vitaminas do complexo B e C. Também apresenta cálcio, fósforo, ferro e muita água. Hoje já se conhece o licopeno e glutationa, compostos que a melancia possui em abundância, que são responsáveis por proteger o organismo contra o câncer e a oxidação celular.

A cor Rosa - Representa o Amor Divino, adoração, beleza e fraternidade.

Image Hosted by ImageShack.us

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:51


29 comentários

Sem imagem de perfil

De maribeca a 01.10.2007 às 23:14

Oi, linda moça !! Hummm, lendo isso me deu fome. Eu adoro pesquisar e saber sobre os alimentos. A nossa vida deve ser assim, colorida, enegergizada sempre, pois temos tudo para sermos saudáveis e felizes , não é ? bjus, lindinha !!
Sem imagem de perfil

De edna a 02.10.2007 às 00:54

Minha amiga querida, você é mesmo iluminada!!!
Gostei muito de aprender tanta coisa aqui. Eu amo as frutas as verduras e as flores. Gosto de fazer o meu prato colorido.
Fico agradecida pelo carinho deixado no Cristalino.
Um grande abraço,
Edna
Sem imagem de perfil

De O Sibarita a 02.10.2007 às 02:53

Oi dona moça! Estou, fiquei em falta com você e por isso peço desculpas... Oportunidades não faltarão para me redimir, faça fé! DESCULPA? Então, ok obrigado.

Bom, como sempre, seus textos são maravilhosos ainda mais falando da mamãe natureza e seus benefícios através dos legumes, muito porreta mesmo!

bjs
O Sibarita
Sem imagem de perfil

De Oscar Luiz a 02.10.2007 às 10:16

Não só lindo como instrutivo...
Que delicia que é visitar aqui!
Um beijo e uma boa semana!
Sem imagem de perfil

De Nana a 02.10.2007 às 17:07

oi, amiga!!! que saudade!! vc nunca mais apareceu, e eu tbm dei uma sumidinha, pq estou tendo tanta coisa p fazer!!!
como vao as coisas? espero q super bem!
adorei o post! nitrição eh mt importante!
mil beijos enluarados p vc!!!
bye bye
Sem imagem de perfil

De nana a 02.10.2007 às 17:10

oi, so p deixar o endereço do meu blog, pq nao apareceu no post anterior! se nao vc nao vai saber quem sou! rsrsr1
bjus
Sem imagem de perfil

De meialua a 02.10.2007 às 17:49

Oi amiga de sempre. Tenho andado afastada da blogosfera e por uns tempos assim vou continuar, Mas há pessoas que continuarão sempre presentes no meu coraçao.
Um beijo com saudade e carinho e até sempre.
Sem imagem de perfil

De vitoria a 02.10.2007 às 18:21

Obrigada pelo seu post.Reanima!Relembra...
Uma boa semana.Bjjuiiiiiiiiiiivos:)
Sem imagem de perfil

De Lino a 03.10.2007 às 01:51

Já li em algum lugar, que não me lembro, que a cor tem a ver, também, com a própria reprodução da planta, já que atrai a polinização. Mas, afora isso, a natureza é diversificada e as cores apenas a marcam.
Sem imagem de perfil

De Divanira Leal a 18.07.2008 às 16:21

Oi, Adorei, gostaria tbém de participar.
Sem imagem de perfil

De Sthan Xanniã a 03.10.2007 às 02:09

04 de Outubro - Quinta-Feira
Roda de Tambores
Existe uma música que toca cada ser humano, no ritmo do coração.
Junte-se a nós.
Condutor: Sthan Xanniã
Horário : 20hs
Contribuição: 1 pacote de incenso ou de vela
Local: Filhos da Terra
R. Conceição de Mont e Alegre, 1589 Brooklin / SP

O Som Sagrado dos Tambores
Para muitas culturas, o som do tam bor é a força divina que se manifesta através das v ibrações rítmicas.
Uma das técnicas ligadas ao uso das leis naturais, o som dos tambores tem suas raízes na sab edoria cujas origens se perdem no tempo.
O homem nativo antigo desconhecia métodos organizados de "terapia dos sons". Mas, na verd ade, nem precisava deles, pois conhecia e vivenciava espontaneamente a i nfluência dos sons sobre seu ritmo de vida.

O estrondo sonoro provocado pelos trovoes, a tranqüilidade gerada pelo ruído de uma chuva fina , o enlevo produzido pelo canto de um pássaro, o êxtase a q ue se é conduzido pelo som de um tambor e flauta: todos esses sen timentos são fruto de efeitos inexplicáveis, mas que sempr e atraíram e exerceram forte influência sobre o ser humano.

São muitas as referên cias e numerosos os escritos relacionados à aplicaçã ;o do som na medicina. Na região próxima a Kahum, no Egito , foi descoberto em 1889 um papiro de aproximadamente 4500 anos que reve lava a aplicação de um sistema de sons e de músicas , instrumentais ou vocais, para o tratamento de problemas emocionais e e spirituais.
Esse sistema incluía at&eac ute; mesmo indicações para algumas doenças fí ;sicas. A mitologia grega também é rica em informaç ões sobre técnicas terapêuticas de caráter mu sical. Asclépio, ou Esculápio para os romanos, filho de Ap olo e deus da medicina - do qual, acreditavam os gregos, descendia o pr& oacute;prio Hipócrates - tratava seus doentes fazendo- os ouvir s ons considerados mágicos.

Homero, por sua vez, famoso histor iador que precedeu Platão, afirmava que a música foi uma d ádiva divina para o homem: com ela, poderia alegrar a alma e assi m apaziguar as perturbações de sua mente e de seu corpo. < /span>
As ondas do som do tambor sã ;o capitadas pelo pavilhão auricular e chegam ao conduto auditivo e ao tímpano, cujas vibrações atingem o ouvido m&e acute;dio, onde são convertidas em impulsos nervosos.
Esses impulsos viajam até o cérebro pelo nervo ótico e ali são interpretados p or células nervosas altamente diferenciadas, que "entendem&q uot; tais estímulos como som.
O deslocamento das vibraç&o tilde;es sonoras no líquido cerebrospinal e nas cavidades de ress onância no cérebro e termina um tipo de massagem sôni ca que, segundo a qualidade harmônica do som, produz efeitos posit ivos ou negativos, benefícios ou não ao sistema psicobioen ergético. As fibras nervosas convertem o som captado em est&iacut e;mulo nervoso propriamente dito.

Diante disso, é fáci l imaginar os danos provocados pela vida numa cidade grande ou em locais com freqüentes ruídos fortes, constantes e desagradá veis. A musicoterapia se torna cada vez mais necessária, já ; que uma das técnicas capazes de restabelecer a paz e a harmonia interior do ser humano, hoje tão prejudicado pelo barulho, pelos sons agressivos, pela música dissonante ouvida em volume excessi vamente alto.

Estudos realizados na Academia Fra ncesa de Medicina apontam o ruído forte como responsável p or grande parte das depressões nervosas e de muitas enfermidades orgânicas.
Segundo essas pesquisas, em 1982, o ruídos das fábricas foi responsável por 11% dos a cidentes de trabalho; o excesso de barulho foi a causa de um terç o dos casos de depressão nervosa entre trabalhadores franceses e uma em cinco internações psiquiátricas deveu-se a e sse mesmo motivo.

Da primeira infância à ; terceira idade, o poder do som pode significar, para as pessoas que bu scam, um fator de crescimento e uma contribuição para a me lhoria da qualidade de vida. As vivências musicais proporcionadas pelo som do tambor nativo estimulam a criatividade e a autoconfian&ccedi l;a, ajudando a mobilizar o potencial de saúde do cliente. Tocand o, cantando, improvisando, acompanhando e ouvindo música a pessoa partilha a sua experiência em sessões individuais ou de gr upo.

Sthan Xanniã
Sem imagem de perfil

De bené chaves a 03.10.2007 às 02:34

Hum!, amiga, que tá tudo muito bonito por aqui. Um grito de liberdade. E um colorido só.
Olha: aquela imagem que saiu, nãoera pra ter saído (rs). Estava eu querendo aprender como se coloca a imagem abaixo de um texto e saiu sem eu 'autorizar' a publicação. Mas, já retirei a mesma. E nem fiquei sabendo como ela ficaria abaixo de um texto.
A postagem atual tem outra imagem, vc viu? Se puder, passa lá novamente.

Um beijo sem equívocos...

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho