Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



MÉDIUM, INTUITIVO OU CHARLATÃO?

por Keila, a Loba, em 10.07.08


 

Estávamos sentadas na calçada da nossa casa, em uma noite escura e sem energia elétrica, minha mãe e eu. Naqueles tempos de infância, era comum e até esperado faltar energia, motivo para ter em casa generosos estoques de velas e fósforos. "Mainha" e eu conversávamos sobre a reforma da nossa casa, as cores e tons escolhidos para a fachada e sala principal, e lembro-me ter comentado sobre a desastrada cor escolhida por ela.

Inflexível quanto aos argumentos da minha mãe, retrucando com firmeza os meus, de repente... todas as palavras que saíam da minha boca foram silenciadas. Em seus lugares, a estranha sensação de arrepio, presença, calor e proximidade percorriam todo o meu corpo em eletrizantes e desconhecidas ondas. Eu não conseguia pensar em nada; tudo havia se calado; mas a imagem da minha tia, a Adamir, roubou os dialogos e a importância do que estava sendo conversado. Então, disse: "a Tia Adamir está chegando".

Mainha sorriu. Não era costume a Tia Adamir chegar em nossa casa tarde da noite, e sim nas manhãs de cada mes. Mas eu insisti, falei de forma segura e clara que ""a Tia Adamir estava chegando", mas ela não acreditou. Segundos depois, e de forma estranhissima, Tia Adamir e a Neta perguntaram, na escuridão da noite, quais pessoas estavam sentadas no portão da "casa do Heitor" - meu pai.

Gelei ao ouvir a voz da minha tia.

Outros episódios "perceptivos" aconteceram ao longo da minha infancia e adolescência, e alguns foram tão ou mais estranhos. Eu vivia doente, e talvez por esse motivo era comum ver fantasmas, e às vezes até conversava com eles; tinha sonhos premonitórios com água - até hoje eu os tenho; mas entrar na casa das pessoas e sentir uma espécie de sufocação, sono e cansaço ainda me impressionam.


Image Hosted by ImageShack.us


Qual a resposta para todos esses sintomas, sensações ou visões? Há muitas; eu diria até que são incontáveis, mas poucas são cientificamente legitimadas pela medicina. A medicina defende a tese de quem vê fantasmas, ouve vozes e sons, sente aromas, sofre de alucinações....blá,blá,blá

Milhões de pessoas, se tidas por "médiuns", serão loucas?

Sinceramente, às vezes penso que há algo de mais ou de menos, mas não acredito que sejamos loucos. Surgem várias e intrigantes perguntas após a lembrança e narração de epísódios ocorridos no passado e presente de nossas infancias, juventudes, maturidades e velhices, por isso pesquisei algumas coisas sobre MEDIUNIDADE.


Mediunidade - do latim medium + idade - faculdade que dota o homem de sensibilidade permitindo a percepção e interação com o mundo espiritual. Conforme sua intensidade, viabiliza a plena comunicação entre os dois ambientes.

Muitos médiuns, antes de suas reencarnações, aceitaram a tarefa mediúnica como opção de resgate de erros de vidas passadas. Por isso não se trata de pessoas diferentes, favorecidas ou desfavorecidas pela vida.

Faculdade natural inerente do corpo orgânico considerada como outro sentido psíquico.

Uma alavanca para o despertar da Espiritualidade, um intercâmbio, uma capacidade natural de percepção do mundo energético que nos rodeia.

Enquanto no meio espírita utiliza-se a palavra médium para designar o indivíduo que serve de instrumento de comunicação entre os homens e espíritos, outras doutrinas e correntes filosóficas utilizam termos como clarividente, intuitivo, sensitivo. No entanto, o significado desses termos é, em essência, o mesmo.

Os parapsicólogos forenses, também conhecidos como investigadores psíquicos (do inglês Psychic Witness), são médiuns que trabalham em conjunto com a polícia na investigação de crimes de difícil solução[3] (inexistência de testemunhas, escassez de provas, excesso de suspeitos,...). O papel desses médiuns, segundo Sérgio Pereira Couto em artigo na revista Ciência Criminal [3], "consiste basicamente em captar sensações sobre o que aconteceu nos locais dos crimes e passar as informações para que os detetives tomem as devidas providências administrativas, incluindo a detenção de suspeitos para interrogatório".

Com o sucesso dos seriados em canais pagos que tratam do tema, as polícias de diversos estados americanos passaram a admitir em público o uso de médiuns em investigações onde a tecnologia mostra-se insuficiente.

O Discovery Channel elaborou um documentário para tratar desse tema, reportando as atividades de quinze investigadores psíquicos no apoio às polícias de diversos estados americanos, como a Califórnia, Ohio, a Pensilvânia, a Louisiana e o Arizona.


Image Hosted by ImageShack.us


Sally Headding, uma respeitada clarividente americana, formada em psicologia clínica e Ph.D. pela Universidade de Berkeley (Califórnia), aponta que atualmente o principal problema da popularidade dos investigadores psíquicos nos EUA é o surgimento de uma série de falsos médiuns que se apresentam para ajudar a polícia em casos de grande repercussão. No entanto, Sally afirma que os verdadeiros médiuns dificilmente procuram a polícia, ao contrário, são convidados por esta para colaborar nas investigações.

No Brasil, o uso de médiuns em processos da Justiça é reconhecido oficialmente apenas no Estado de Pernambuco, onde a Constituição Estadual, além de legitimar o testemunho de médiuns, prevê como obrigação daquele Estado e dos seus municípios a prestação de "assistência à pessoa dotada dessa faculdade, [desde que] comprovado por profissionais especializados". Essa comprovação é justamente um mecanismo para que se tenha certeza de não se tratar de um caso de charlatanismo.

Textos psicografados por médiuns como Chico Xavier e Jorge José Santa Maria (da Sociedade Beneficente Espírita Amor e Luz, no Município de Porto Alegre) já foram incorporados a processos criminais na forma de provas documentais.

As queixas mais comuns apresentadas pelas pessoas dotadas de poderes mediúnicos:

1- Sensação de estranhas presenças
2- Sensação de expansão do corpo
3- Percepção de odores
4- Visões
6- Sonhos pré-monitórios
6- Audição de ruídos ou vozes
7- Captações energéticas
8- Doenças sem causa física...


Ainda há muito o que listar, mas o post ficaria grande e cansativo, além do que não seria atrativo para o internauta. Por esse motivo, deixo o tema a ser discutido, debatido e a mercê de impressões e discussões.


Pesquisa:

http://www.mundoespiritual.com.br/mediunidade.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mediunidade

http://www.mediunidade.com/

http://ideal.andreluiz.vilabol.uol.com.br/estudando_mediunidade.html

Image Hosted by ImageShack.us

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:23


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernanda a 11.07.2008 às 15:39

Na minha famíliahá várias histórias esquesitas, que são contadas em voz baixa, no circulo restrito. Por ex. uma que gosto muito; quando criança uma das minhas tias costumava ver um velho sentado na arca,ao fundo do corredor. Ela tapava a cabeça com o cobertor, ma nunca contou a ninguém. Já em idade adulta comentou isto com um irmão e ele disse-lhe que do quarto onde ele estava, na outra ponta do corredor, também o via! A minha tia ficou aliviada, porque de certa forma ão acreditava muito no que vira, achava que era imaginação.
Bom fim semana, Keila!
Bjo
Sem imagem de perfil

De Borboleta a 11.07.2008 às 20:11

Ola!
Bem lindo este blog
Adorei o facto de ser defensora dos animais
Sao seres simples e ingenuos
beijooo
Sem imagem de perfil

De Miguel a 12.07.2008 às 02:49

Gostei muito deste post, e também fiquei impressionado com as suas historias de infancia.
Tenho tido bastante vontade de explorar a minha mediunidade, mas se isso não aconteceu até agora,
é porque não tinha de acontecer, e porque provavelmente não estava preparado. Eu sou daquelas pessoas que acha que,
quando estamos preparados e de coração aberto, as oportunidades surgem naturalmente,
e temos de estar atentos a esses sinais. Continua a escrever.
Sem imagem de perfil

De antónio paiva a 12.07.2008 às 03:20

................

saio daqui interrogativo

......................

Bom fim-de-semana
Sem imagem de perfil

De Aguas da vida a 12.07.2008 às 12:54

"Ha mais mistérios sob o céu e a terra do que possa imaginar a nossa vã filosofia" Shakespeare.

Mistérios que nos acompanham durante a nossa vida, nada mais que consequencia de uma raça que tem poderes escondidos talvez nao esvelupados pelo modo que vivemos ou pelo que comemos, mas uma coisa é certa, o ser humano tem qualidades e poderes por eles jamais conhecidos.
Big Kiss
Sem imagem de perfil

De Kyaya a 12.07.2008 às 15:04

Oi, amiga!!! :D

Menina... Olha, eu não sei se sou médium ou tenho algum dom do tipo, mas eu vejo, às vezes, vultos, ouço vozes, sinto cheiros...
Eu acho sensacional os dons de pessoas mediúnicas, mas, eu, sinceramente, não gostaria de ter. Tenho pavor dessas coisas! Porque eu fico muito impressionada, sabe? Eu devo confessar que tenho medo. Não sei o motivo, mas eu tenho...

Fiquei impactada com o que disse, sobre as suas premonições que começaram na infância e continuam até hoje.
E o mais impressionante é que na primeira vez que vc me visitou no meu blog, eu já sentia essa energia toda em vc. Acho que já até te mencionei que uma vez, sonhei contigo e vc me ensinava muitas coisas e era minha companheirona de jornada.

Eu acredito muito em dons mediúnicos e pra mim, o Chico Xavier era o médium top (!), sabe?

Tem também o Thomar, com uma mancha na testa que grita Ráh! E aí a pessoa se cura... Ele entorta garfos e colheres só com a força do pensamento. Minha tia-avó, já falecida, o conheceu e ele a curou.
Desde aquele desafio do Fantástico, ele depareceu...
Sei de estórias que ele estava perdendo seus poderes, por usá-los para benefício próprio, sabe? Tipo... vendendo os serviços... Se é verdade ou não, não sei...

Beijos, amiga! Fica com Deus! :)
Sem imagem de perfil

De vitoria a 12.07.2008 às 21:24

Tentando ser objetiva e começando pelo teu texto:
-Não creio que "vivias doente e por isso vias"..ao contrário,se vias é pq esses seres desencarnados se serviam da tua visão para serem notados.Eu acredito que eles precisam de oração.
-A mediunidade explicada por Allan Kardec,é coisa que mil e uma pessoas acham lógica,eu não conheço pq não tenho paci~encia para ler aquele tipo de texto...mas converso diariam/c meu marido q é espirita e ñ estamos mt longe do q ue um eo outro cremos...segundo "Mokiti Okada",um filósofo japones que morreu em 1955,realm/os que passaram deste corpo para outro tipo de existencia procuram que nós especialm/descendentes ,oremos a Deus para q eles sejam curados e salvos...é uma crença...
-Eu sempre vi e ouvi os desencarnados,sp fui tratada em psiquiatria pois é considerado ou um problema hipofisário (tumor,por ex)ou psicose,essa coisa de ALUCINAR e ver e ouvir e cheirar o q + ng vê.
_levei com td o q possam imaginar,fiz curas de sono,fui sp mt marginalizada,graças a DEUS,por esses estigmas
-Isso permite depois,à pessoa q quer crescer,que busca,que tem vontade férrea Encontrar um modo de sair de si e empregar isso q se chama de mediunidade e tão bem descreveste e apontaste em td o que leste.
-És medium?Não temas....vai procurar onde e como ajudar os outros e a ti com essa CARACTERISTICA...não é dom nem defeito....meus antepassados estão felizes da vida e milagres acontecem desde há 1o dias ..porque faço a pratica do "SONEN"_ver google...rssss...e td começou a abrir..
Obrigada mana por tua postagem permitir q eu transmita a ti e a outros sobre a materia...já vendi a casa...estou na busca de carro e casa....arrumando a vida de novo...sem remédios...só recebendo a imposição de mãos ....as brigas cessaram em casa...
TUDO de bom para ti minha irmã espiritual,bjj :)
Sem imagem de perfil

De lobo a 12.07.2008 às 22:15

É tabu e continuará sendo falar em mediunidade. Não há nada demais em saber das coisas, em antecipar fatos e acontecimentos, mas a nossa maneira de ser sociavel considera excepcional essa faculdade, e talvez esse estranhamento tenha a ver com o fato de não paramos para nos ouvir ou saber de nós. Quem tem o costume de ficar sozinho, relaxar, ouvir as vozes interiores ou o mestre pessoal sabe que são nesses momentos que a intuição fala mais e bem alto.
Não há nada errado com você ou com milhões de outras pessoas, loba. Esse dom de ver, de falar, de sentir e saber é proprio dos que tentam se conhecer e se ouvir.
Estou melhor da gripe, mas os problemas não me deram trégua. Talvez viaje à São Paulo para ver os meus pais, ainda não sei. Te direi se e quando, minha loba.
Sem imagem de perfil

De tifongirl a 12.07.2008 às 22:53


Olá, gostaria de te parabenizar pelo blog que está muito legal, provando que há bom conteúdo em blogs.
Gostei tanto que até fiz um link para o seu no meu, e gostaria muito se você também me linkasse.

Nos falamos.

Abs,
tifongirl
Sem imagem de perfil

De manhosa diabolica a 12.07.2008 às 23:17

sempre bom ler as coisas que escreve.
Sem imagem de perfil

De Carol a 13.07.2008 às 00:09

Vi seu blog no google enquanto pesquisava exatamente mediunidade. Engraçado essa coincidencia.

Frequentei alguns centros espiritas durante anos e nunca achei que naqueles bancos encontraria o meu caminho espiritual. Via que as pessoas se faziam de mediuns, que encenavam recebendo espiritos para falar da vida dos outros, e assim percebi que perdia era o meu tempo. Mas agora tenho um problema aqui em casa e que está mexendo com a minha paz, e foi por esse motivo que volto aos desacreditados bancos dos centros espiritas para tentar ajudar o meu filho. Eu não sei se vou conseguir ajudar, talvez essa cura dependa só dele, mas talvez esse problema tenha alguma coisa com a videncia que ele tem. Não importa mesmo de onde venha a ajuda, mas importa que ele fique bom.

Desculpa o meu desabafo mas são palavras de uma mãe quase desesperada, e que encontrou aqui alguma coisa para aliviar esse momento.

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho