Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



CARTA ABERTA AO INFINITO

por Keila, a Loba, em 27.01.09


 

Um dia perdido na existência, nossos pais se encontraram por um mero e desconhecido acaso. Sem que fosse necessário dizer coisa alguma, esse encontro acendeu uma informação vincular que já estava escrita nos livros do infinito. Criou-se, assim, a primeira possibilidade de que teríamos uma história de vida.


Contrariando e/ou juntando formação, diferenças, ideologias, distâncias, preconceito, afinidades, prioridades, amor de mais ou de menos, nossos pais optaram por um encontro mais profundo, uma troca orquestrada por uma razão biológica de perpetuar e de ser. Essa escolha permitiu que uma porta fosse aberta para que pudéssemos estar aqui, ocupando esse espaço no universo e na vida.


Dos milhares de espermatozóides que lutaram bravamente para chegar aos óvulos de nossas mães e fecundá-los, apenas um trouxe consigo as informações que nos transformaram na pessoa que somos na atualidade. Quantas outras vidas foram desperdiçadas que para nós pudéssemos usufruir dessa oportunidade! Depois disso, trilhões de células se dividiram, se transformaram e se especializaram para formar cada uma das estrutura dos nossos órgãos internos, um espetáculo que tão somente justifica o quanto nós e a natureza desejamos compor essa grande fraternidade universal. Tudo foi preparado para que estivéssemos aqui, agora.


Image Hosted by ImageShack.us


Foi criado um espaço único, intransferível e pessoal para que cada um de nós pudesse ocupar, e seu conteúdo integral nos é absolutamente desconhecido. Cada dia em nossas vidas, novas conexões espirituais, físicas, materiais e relacionais estão o tempo inteiro sendo construídas, de forma que a vida nos confere infinitas possibilidades. Tudo pode ser feito e desfeito o tempo inteiro.


Algumas filosofias antigas e atuais indicam que estamos aqui porque pedimos, porque nos foi concedida a honra de tentar mais uma vez. Para construir essa história, nascemos.


Com o passar dos anos, não sucumbimos às doenças tão comuns que abatem milhares de crianças em todo o mundo, conseguimos sobreviver à adolescência rebelde e sem causa aparente, mas estivemos em rota de colisão com os primeiros perigos da vida às vezes antes dos 18 anos. Para nos desvirtuar dos caminhos previamente escolhidos, e que ainda estão sendo traçados, alguns de nós fumamos e bebemos todas, usamos o corpo de todas as formas possíveis, e mais uma vez o Infinito abriu as portas vinculares para firmar as parcerias e arcar com as conseqüências.


Alcançamos a condição adulta, estudamos, formamos pares, gestamos, produzimos, consumimos, construímos, destruímos, vivemos, matamos, morremos, muitos ainda ocupam um espaço bem definido no tempo e na vida e outros tantos já se foram. Convivemos com a vida e com a morte, mas ainda não sabemos porque acontecem, tampouco nos acostumamos com a certeza de que ambas são a nossa única certeza. O desafio agora e sempre é saber o que faremos com a oportunidade que ainda está na rota de nossas vidas. Como conseguir um ponto de equilíbrio e sabedoria? Qual o segredo da vida, longevidade e felicidade?


E ficamos assim, quase sabendo o que é a vida, quase compreendendo por que ela nos foi dada, mas é certo que esses conceitos se desfazem e refazem ao calor da menor dúvida e certeza. Talvez porque estamos o tempo inteiro mudando, formulando e adquirindo conceitos, tudo o que percebemos pode não corresponder à realidade. Ou talvez não exista uma só realidade. Talvez existam várias vidas ocupando espaços definidos, mas todas são absolutamente dependentes das outras. . Quem saberia me dizer?

Image Hosted by ImageShack.us

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:49


61 comentários

Sem imagem de perfil

De Kyaya a 27.01.2009 às 09:45

Oi amiga!!! :D

Uma certeza da vida, podemos ter: nascemos para sermos vitoriosos! Só o fato de termos conquistado a oportunidade de viver, nessa batalha inicial dos espermatozóides, já é um indício. E já percebemos desde aí, que a vida é feita mesmo de batalhas e vence o mais forte, não no sentido da força física, mas da vontade imensa de querer sobreviver, viver e fazer acontecer; ser apaixonado pelo que se faz, pelo que se é, pela vida; corajoso a ponto de desbravar os desafios que a vida nos coloca...

O que faz a nossa vida ser mais ou menos, ter mais ou menos, é a nossa escolha, por isso mesmo, devemos sempre usar de maneira responsável o nosso livre arbítrio!
Mas se por ventura, fizemos escolhas erradas e caímos, nos machucamos, sofremos, tudo bem... Sempre há uma nova chance de recomeço e é disso, que não podemos abrir mão.
Ter esperança e sonhos é maravilhoso, porque nos proporciona essa força de espírito que nos faz nos mover em direção a concretização daquilo que tanto almejamos!

Eu já desisti de tentar entender os mistérios da vida e até mesmo de ficar brigando com ela... Vou mais é viver e aproveitar da melhor maneira possível, aquilo que ela me traz! :D

Amei o seu post!

E pelo visto... A sua viagem realmente foi maravilhosa, hein?! :D huauhahuauhauha O amor nos faz tão bem, né mesmo? :}

Beijos! Se cuida e fica com Deus, amiga queridaaaaaaaaaaaaaaaaa!!! :D
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 02.02.2009 às 23:32

Os poucos dias em Jericoacoara-Ce me fizeram um bem enorme, Cibele. Pena que demorou quase nada...

Também creio que nascemos para sermos vitoriosos, até porque estar aqui é uma grande e importante vitória que permite nossas vidas agora. Você, como sempre, com opiniões claras e profundas. Belo coração o seu, minha amiga.
Sem imagem de perfil

De Smily a 27.01.2009 às 11:49

Explicas-me?? Não consigo pensar...


Smily
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 02.02.2009 às 23:36

Smily, querida, eu gostaria de poder dizer mais sobre o tema proposto, mas tudo o que senti estão nessas linhas. Sei que é pouca coisa, mas procurei dar às palavras a maior profundidade que encontrei.

Obrigada por deixar a sua passagem nesse instante das nossas caminhadas. Volte sempre.
Sem imagem de perfil

De FONTE DE AMOR a 27.01.2009 às 14:08

Que a cada manhã ao abrir os olhos voce sinta em seu coração a certeza que a vida lhe espera de braços abertos para receber suas esperanças e realiza-las.Uma iluminada semana beijos sua amiga sempre ,Evanir. Gostei muito de conhecer seu site ofereço meu award e minha amizade .
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 02.02.2009 às 23:39

Obrigada pela energia deixada, Evanir. Você me fez muito bem.

Retorne para deixar o link possível de ser visitado, por favor, pois me sentirei grata ao retribuir a sua visita. Obrigada.
Sem imagem de perfil

De vitoria a 28.01.2009 às 00:56

O "Só sei que nada sei",continua atual para mim.
O teu post mostra uma intensa reflexão na vida...eu jamais teria a capacidade /paciência de mergulhar tanto!!
Um livro teu de auto-ajuda poderá ajudar-te a ti mesma mais que tds os tratamentos.
Creio mesmo que a grande fera que há em ti está uivando por isso..kkkkkk.....deixei-te uma resposta à tua visita no meu blog....obrigada pela vista ,por existires e vou agora mesmo falar sobre ti a todas as estrelas...vais ver amanhã o sorriso de DEUS;)
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 18:52

Tenho orgulho da tua força, da tua persistencia e da tua presença. Obrigada, minha querida. Vê-la assim, radiante e feliz, reforça a necessidade das aulas extras que ainda tenho que tomar de ti. Teu exemplo me anima, Vi.

BeijUivooooooooooooooossssssssssssssss
Sem imagem de perfil

De Sthan Xannia a 28.01.2009 às 19:15

Salve meu amigos.

Neste mes de fevereiro vou estar realizando o trabalho sagrado da Busca da Visao...É um trabalho de uma profunda descoberta de si mesmo..Já venho fazendo este trabalho aqui no Brasil a a 15 anos no mesmo local sagrado..Aiuruoca Minas Gerais... caso voce queira participar..sera uma alegria.. pode me ligar aqui na clinica..011-5505-4208...
um beijo em seu coracao
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 18:55

Bacana o seu trabalho, meu querido. Sinta-se à vontade para divulga-lo.
Sem imagem de perfil

De escorpiana explosiva a 28.01.2009 às 19:26

naum deixo de vir aqui... meu blog ta as moscas, mas passei pra te desejar um otimo findi.
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 18:57

Feliz por saber de você, mas infeliz por ver uma casa tão linda e sem a presença forte dessa escorpiana arretada de boa!! Volte, amiga, você faz falta.
Sem imagem de perfil

De Zeca a 28.01.2009 às 22:03

Depois desse belíssimo texto, pouco resta a comentar. Dos melhores em se tratando de um mergulho na vida e em seus significados, para muitos de nós incompreensíveis.
Todos nós, construtores das nossas histórias e dos nossos futuros, quando seguirmos nossa jornada espiritual, no afã de vivermos intensamente raramente paramos para pensar nas tantas batalhas enfrentadas e vencidas para estarmos, neste momento, neste ponto das nossas existências.
Gostei demais. Como sempre.

BeijUivooooooooooooooosssssssssssss

Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 19:01

Zeca, meu amigo de longas caminhadas, sua presença aqui nos Uivos me deixa feliz por vários motivos: a coerencia, a leveza nas palavras, a sintonia com a mensagem, a energia, e você, um doce presente.

BeijUivoooooooooooooooooosssssssssssssss

Sem imagem de perfil

De nitrox a 29.01.2009 às 00:28

Podemos mais não ser que os escravos presos na caverna de Platão, olhando as sombras e pensando que aquilo era o mundo. Ou numa aproximação mais recente prisioneiros do MATRIX, vivendo numa prisão da mente.

Fica Bem!
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 19:07

Sábia análise, Nitrox. Também acho que não ha desculpas religiosas, filosóficas, políticas, ou qualquer outro argumento, que justifique a cegueira existencial em que vivemos. Já não é possível dizer que isso ou aquilo outro é ignorado porque não faz parte das conceituações pessoais. O mundo de agora é holistico e, como tal, exige atuações igualmente holisticas.
Sem imagem de perfil

De Marli Codeiro a 29.01.2009 às 13:42

Jacqueline, voce discorreu sobre tudo de forma brilhante. Mostrou, através das palavras simples de uma loba caminhante, que houve e ha grande sabedoria quando na escolha de nos e das nossas vidas, que o Criador soube e sabe porque fez assim. Houve mesmo uma fase de preparação, e ela ainda acontece até os dias de hoje, para que possamos estar aqui de forma construtiva e não destrutiva como ainda não nos acostumamos a presenciar. E não devemos nos acostumar com a violencia e suas derivações. A vida é uma dádiva grandiosa demais para desperdiçar tempo e energia em causas que não somam, mas dividem homens e entristecem a vida e o Criador. Os ensinamentos rosacrucianos, e muitas outras filosofias, dogmas e religiões nos ensinam a amar a vida e a perpetua-la com sabedoria e paixão porque é verdade o que você disse no inicio do post: "Quantas outras vidas foram desperdiçadas que para nós pudéssemos usufruir dessa oportunidade!". Estou em Fortaleza desde terça-feira passada e quero te ver. Estou na mamãe, mas no sábado vou para Canoa Quebrada. Não quer vir comigo? Quero te ver, estou com saudades.
Marli Cordeiro

Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 19:10

As idéias aqui expostas são brilhantes porque nós comungamos com várias dessas idéias, minha amiga-irmã Marli. Isso te coloca numa posição suspeitissima para dizer que discorri bem sobre o assunto, viu? rsrsrsrsrsrsrsr

Beijoooooooooooooooooosssssssssssssssssssssssssss
Sem imagem de perfil

De cirilo a 29.01.2009 às 14:31

Não sei o que ainda pode ser dito porque ... é uma viagem tudo isso. !! muito bom o seu blog
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 03.02.2009 às 19:12

Cirilo, seja bem vindo aos Uivos da Loba, e fique absolutamente à vontade para dizer ou calar, ou seja lá o que for, em se tratando de opinar sobre as viagens propostas.

Volte sempre, e tenha certeza de que lhe farei uma visita.

Comentar post


Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho