Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



AO QUE TEM CORAÇÃO E SABE O SEU SIGNIFICADO

por Keila, a Loba, em 28.05.06
O meu agradecimento à Melina pelo destaque em seu blog, que eu considero um dos mais criativos do mundo blogueiro. Obrigada, e parabéns pelo seu trabalho, querida!

DESTAQUEEblogMELINAA.gif



Eu acabei de receber um premio da GB, quando na verdade eu deveria
premiar o trabalho de uma equipe de profissionais da mais alta competência.
Do fundo do coração da Loba, MUITO OBRIGADA, AMIGOS. Saibam que esse premio
é muito estimulante para uma Loba abatida, e que precisou se ausentar da net
por motivos injustos e que me fizeram perder um pouco da leveza que eu
tinha. Mas Loba que se preza não se abate antes da última estrela se apagar,
não é mesmo? E sabendo que são pessoas como vocês que nos fazem crer no
agora e no amanhã, saibam que pode parecer bobagem, mas está sendo
extremamente gratificante receber de vocês e honrar tão importante
premiação.




</p>




Agradeço a amiga blogueira Cáritas Sousa, dos Meus Rabiscos, a gentileza e os lindos prêmios que a toca da Loba recebeu. Para ela, um Uiward e muitos Uivos de agradecimento!









Ao meu amigo Roberto "Guerreiro", dono de alma e desafios prá lá de nobres e heróicos, o sincero Uivo de agradecimento da Loba por tão importantes premiações. Obrigada, meu querido!


2ELITE.gif


presentepravc.gif



Transcendental.gif


O arquétipo do Curador é uma estrutura mítica universal, que todos os seres vivos têm dentro de si. Entre as culturas indígenas, esse símbolo apóia o princípio de prestar atenção ao que tem coração e significado. Os Curadores, nas maiores tradições, reconhecem que o poder do amor é a mais poderosa energia de cura de que o ser humano dispõe. O Curador efetivo, em qualquer cultura, é aquele que estende os braços do amor para praticar o reconhecimento, a aceitação, a consideração, o valor e a gratidão.


As pessoas de todo o mundo sempre demonstram umas às outras seu reconhecimento de quatro maneiras: reconhecemos mutuamente nossos talentos; nossas mútuas qualidades de caráter; nossas aparências recíprocas e o impacto que causamos uns sobre os outros. Quando o reconhecimento que recebemos é mínimo, isto pode nos trazer uma sensação de inadequação ou de pouca auto-estima. Os curadores de qualquer tradição são pessoas naturalmente capacitadas na arte de reconhecer. Estão plenamente convencidos de que o maior remorso é o amor que não se manifestou. Provavelmente, o mais poderoso exemplo contemporâneo de alguém que cura através do amor incondicional é Madre Teresa de Calcutá. Nas tradições xamânicas, ela seria chamada de Mulher do Remédio.


O CAMINHO DO CURADOR


. Direção: Norte

. Elemento: Terra

. Criatura: Criaturas de 4 pernas

. Recurso Humano: Amor

. Tipo de Meditação: Posição deitada

. Estilo de Vida: Correta comunicação

. Caminho Quádruplo: Estar atento

. Bálsamo de cura: Contar histórias

. Instrumento: Tambor

. Estação: Primavera


Paz 2.gif


AS QUATRO CÂMARAS DO CORAÇÃO


Muitas culturas nativas acreditam que o coração é a ponte que liga o Pai Céu à Mãe Terra. Para essas tradições, o coração de quatro câmaras, fonte de sustentação de nossa saúde emocional e espiritual, é definido como cheio, aberto, puro e forte. Essas tradições sentem que é importante conferir diariamente as condições desse coração de 4 câmaras, perguntando: "Estou com meu coração cheio, aberto, límpido e forte?".

Quando o coração não está cheio, nos aproximamos das pessoas e das situações só com a metade dele. O sentimento que experimentamos, como se devêssemos fazer algo que não queremos, é o terreno em que germina o coração pela metade. Sentir o coração só pela metade é sinal de que estamos em má posição.


.
Quando o coração não está aberto, transformamo-nos em pessoas de coração fechado. Ficar na defensiva, buscar abrigo em nossa própria resistência, proteger-nos contra a possibilidade de sermos feridos são seus sinais. A resposta é abrandar e reabrir o coração..


Quando o coração não está límpido, ficamos confusos e carregamos a dúvida dentro dele. É onde devemos parar e esperar. Os estados de ambivalência e indiferença são precursores da confusão e da dúvida. A passagem por qualquer um desses estados é um lembrete para aguardarmos a clareza, em vez da ação.



Quando nosso coração não está forte, falta-nos coragem de ser autênticos ou dizer o que é verdadeiro para nós mesmos. Força de coração é ter coragem de ser tudo o que somos em nossas vidas. A palavra "coragem" vem do termo francês coeur, que quer dizer coração e, etimologicamente, significa "a capacidade de defender nosso coração ou nossa essência". Quando exibimos coragem, demonstramos o poder recuperador de prestar atenção àquilo que tem coração e significado para nós.



OS 6 TIPOS DE AMOR UNIVERSAL

Manter a saúde de nosso coração de 4 câmaras nos permite explorar nossa natureza interior, bem como estarmos abertos aos 6 tipos de amor universal:
1. Amor entre companheiros e amantes
2. Amor entre pais e filhos
3. Amor entre colegas e amigos
4. Amor profissional, entre mestre e aluno, terapeuta e cliente, por exemplo
5. Amor por si mesmo
6. Amor incondicional ou espiritual


Paz 2.gif


OITO CONCEITOS DE CURA

Todos esses tipos de amor são portas para a cura. Quando nos abrimos a eles, nossa capacidade de manter um ponto de vista equilibrado sobre esse assunto aumenta. Jeanne Achterberg, em seu livro Woman as Healer, nos aponta os seguintes conceitos, que contribuem para o alcance desse equilíbrio:
1. A cura é a jornada de toda uma vida no sentido da inteireza;
2. Curar é lembrar o que foi esquecido sobre vínculo, unidade e interdependência, entre tudo que é vivente e não-vivente;
3. Curar é abrir os braços ao que é mais temido;
4. Curar é abrir o que estava fechado, suavizar o que endureceu em forma de obstrução;
5. Curar é penetrar no momento transcendente, atemporal, em que se experimenta o divino;
6. Curar é criatividade, paixão e amor;
7. Curar é buscar e expressar o ser em sua plenitude, sua luz e sua sombra, o masculino e o feminino;
8. Curar é aprender a confiar na vida.


Quando não desenvolvemos em nós qualquer um desses conceitos, encontramos fechada a porta para o amor e para a saúde.

O PRINCÍPIO DA RECIPROCIDADE

A cura envolve o princípio da Reciprocidade, a capacidade de igualmente dar e receber, e a capacidade de vincular-se. Os 8 conceitos de Achterberg revelam esse princípio em ação. Para mantermos nossa saúde e bem-estar necessitamos manter o equilíbrio entre crescer e receber, e reconhecer quando um dos pólos está mais desenvolvido que o outro. Curar a si e aos outros envolve práticas que cuidam e tratam da natureza interior e da natureza exterior, sem privilegiar ou minorizar condições.


FERRAMENTAS DE PODER DO CURADOR

As ferramentas que conferem força ao Curador são:

1. Os 4 bálsamos universais para a cura: Toda cultura apresenta suas formas de manutenção da saúde e bem-estar. Em todo o mundo, os Curadores reconhecem a importância de manter ou recuperar os quatro bálsamos universais de cura, que são contar histórias, o canto, a dança e o silêncio. Nas sociedades xamânicas, acredita-se que quando paramos de cantar e dançar, não mais nos sentimos encantados por histórias ou ficamos perturbados com o silêncio, estamos passando pela experiência da perda da alma, que abre as portas ao sofrimento e à doença. O Curador que tem o dom, restaura a alma com bálsamo de cura.

2. Sessão de jornada de tambor: Atender à nossa história é uma forma de dar atenção ao que tem coração e significado. O meio que o Curador tem de auscultar o coração é pela sessão de jornada, uma prática xamânica para dar acesso à informação guardada no "eu" divino ou sagrado, e implementada modernamente por Michael Harner e pela Fundação de Estudos Xamânicos. Na sessão de jornada, a tradição xamânica se entrega à sabedoria do coração, praticando a meditação em posição deitada, com acompanhamento de tambor, por aproximadamente 20 ou 30 minutos. O tambor é a imitação humana das batidas do coração. As sociedades xamânicas utilizam-se dele para facilitar o acesso à cura e sustentar a abertura do coração.

3. Meditação em posição deitada: A posição deitada é a postura de maior capacidade O organismo associa-se ao descanso e ao alimento que vêm do receber e dar amor. É a postura da rendição e da abertura. A postura deitada assumida na jornada é uma forma de colocar o corpo como "canoa de espírito" para abrir-se à orientação e receber a cura. Isso nos dá oportunidade de analisar as experiências positivas e desafiadoras que precisamos enfrentar. A postura deitada é utilizada em várias culturas como a melhor para receber a cura.

4. Saber acalentar: Algumas tradições xamânicas atendem à saúde e ao bem estar pela sessão de acalentar, uma prática composta de 4 partes, para estar em contato com os aspectos do bem, da verdade e da beleza de nossa própria natureza. Nessa técnica, deitamo-nos de costas e colocamos as mãos sobre o coração, mãos que simbolizam a cura. Em silêncio, reconhecemos as qualidades de caráter que apreciamos em nós, reconhecemos nossa força, as contribuições que fizemos e continuamos a fazer, e agradecemos pelo amor oferecido e recebido. Essa prática é levada a efeito três vezes ao dia, sendo uma realizada pela manhã, uma à tarde e uma à noite. A sessão de acalentar em diferentes períodos, nos recordam que somos criaturas suaves, fortes e sutis.


Paz 2.gif


A RELAÇÃO DO CURADOR COM A NATUREZA

Os povos nativos reconhecem que a ferramenta mais fortalecedora e de cura de que dispomos é nossa ligação com a natureza e com o mundo natural. Muitas culturas indígenas referem-se às árvores como "pessoas de remédio do reino das plantas", e as sociedades xamânicas ficam perturbadas quando grandes quantidades de árvores são arrancadas da terra e não replantadas. Os povos indígenas reconhecem que as árvores são essenciais à sobrevivência de todas as criaturas viventes, e assim as consideram como possuidoras de grande remédio. Transculturamente, plantam-se árvores nos nascimentos, casamentos, falecimentos e começos importantes.

Em muitas culturas, as árvores simbolizam a transformação, por sua capacidade de mudar, de estação a estação. Há tradições xamânicas que concebem derrubar a árvore após uma semana de rituais, em que se bate no caule dela para que o seu espírito saia antes da queda do vegetal.

Outras metáforas e símbolos naturais atribuídos ao caminho do Curador incluem a Mãe Natureza em sua totalidade. Tradicionalmente xamânica, a direção do Sul é associada com a mãe natureza, com o reino das plantas, o reino mineral e todas as criaturas de quatro patas. Essa direção, na roda medicinal, é aquela para a qual os povos nativos se voltam em busca das pessoas, rituais e cerimônias necessárias à sessão de cura.

O Sul é associado à primavera, assim, direção e estação são vistos como espaços de renovação, regeneração e manutenção da saúde para vários grupos indígenas. É esta a direção da manutenção da saúde do coração de quatro câmaras,lembrando-se do poder da cura que se encontra nos tipos universais de amor, e que conduzem a uma visão equilibrada de saúde. Nessa direção podemos curar nossos ferimentos e liberar os recursos humanos que se encontram aprisionados dentro dos aspectos sombra do arquétipo da cura.


ASPECTOS SOMBRA DO CURADOR

A CRIANÇA FERIDA DO SUL

Os aspectos negativos do Curador, ou da criança ferida do Sul, são:

1. Dependência de Intensidade: Acontecem em Curadores que têm baixa tolerância ao tédio. Nesse caso, o recurso humano não aplicado é a expressão do amor;

2. Dependência da Perfeição: O Curador que se considera perfeito não tolera o erro, enquanto o Curador sábio incorpora e aprende com o erro. O recurso humano não é aplicado é a expressão da excelência e do correto uso do poder;

3. Dependência da necessidade de saber: O Curador nessa condição negativa não tolera o acaso, sente necessidade de saber para controlar possíveis surpresas e acontecimentos inesperados. O recurso humano não aplicado é a expressão da sabedoria;

4. Dependência de apegar-se ao que não dá resultados: Em vez de dedicar-se aquilo que dá resultados, a criança ferida do Sul perde os poderes da intuição, discernimento, percepção e visionarização apegando-se ao que não lhe trará resultados práticos. O recurso humano não aplicado é a expressão da visão do mundo.


CONSTRUINDO A CURA INTERIOR E A CURA EXTERIOR
Questionário de auto-conhecimento

1. Quais são meus contos infantis preferidos? Quais são as histórias de minha infância que conto aos outros?

2. Que histórias conto a meu respeito quando faço novos relacionamentos? Quais são minhas estórias espirituais, familiares e de amor preferidas?

3. O que sei sobre o amor? Quais foram as pessoas que se tornaram mestres de meu coração?

4. Que bloqueios e obstáculos se antepõem às minhas manifestações de amor? Que bloqueios ou obstáculos se antepõem à minha capacidade de receber amor?

5. Onde e com quem sinto que o amor que ofereço tem receptividade? Quem é o catalisador de cura de minha existência?

6. Das 4 formas universais de reconhecimento, quais as que sempre tenho recebido? Quais as que quase nunca recebo?

7. Das 4 formas de dependência, com qual me identifico, e qual a que mais desenvolvi em mim?

8. Quais as condições de meu coração de 4 câmaras? Quando meu coração é mais pleno? Quando é mais límpido? Quando é mais aberto? Quando é mais forte?


CACIQUE.gif


Angeles Arrien, O Caminho Quádruplo (Trilhando os caminhos do Guerreiro, do Mestre, do Curador e do Sábio). Editora Ágora, 1997







Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:42


54 comentários

Sem imagem de perfil

De Ktia a 03.06.2006 às 00:29

Puxa que saudades suas!!! Fiquei muito feliz em te reencontar no meu cantinho virtual...cheguei a te mandar email, pois estava preocupada contigo, mas não sei se vc recebeu. Vê se não some mais. Eu voltei a ter uma vida muito atribulada e com pouquíssimo tempo pra blogar, como vc deve ter visto, já faz quase um mês que nem mesmo entro no meu blog. Mas não penso em cancelá-lo, é devagar e sempre rsrsrsrs. Mande email me contando como vc está. Bjus e bom fds.
Sem imagem de perfil

De Caritas Souzza a 02.06.2006 às 22:53

Kerida amiga Loba! Seu nike me faz lembrar de meu Lobo branco das montanhas geladas. Ele é Xamânico e uiva como lobo. Te desejo um lindo FDS. Com muita paz em seu coração. Lembre sempre kerida amiga, que precisamos das adversidades pra poder crescermos interiormente. Mesmo que a dor possa ser intensa sempre fica um pouco de aprendizado para nossad vidas. Aceite um grande beijo de carinho fraterno.
Sem imagem de perfil

De PAULA a 02.06.2006 às 19:04

Não é a toa que o coração é a fonte da vida! Miga, só por curiosidade, de onde vc tira esse tipo de matéria, confesso que achei meio complicadinho, rs mas bastante interessante... Beijão querida!!!
Sem imagem de perfil

De marcas a 02.06.2006 às 18:01

parabéns pelo destaque na Gazeta....blog lindo e muinto bem escrito....um uivo marcado para ti!
Sem imagem de perfil

De Regina a 02.06.2006 às 13:32

Bom diaaaaaaaa Manita!
Está difícil te encontrar heim! Estou com saudades dos nossos papinhos.
Quando vc puder, me avise que entro no msn, pois ando atolada de afazeres tb.
Bom fim de semana.
Um beijo carinhoso.
Regina
Sem imagem de perfil

De *melina* a 02.06.2006 às 04:56

°°Meuu Bomm dia à minha Amiga°°uauuu °°nossa°° lhe agradeço pelas bonitas palavras°°lindaa :) OBRIGADA DE ALMA°°bjinhoss querida,sempre gentil°°Sabe°éh com muuuito prazer q deixo minha marquinha aqui hj, e sempre°e ti digo ;)és linda de Alma mesmooo°° e eu, jah sabia disso °°Seu cantinho éh belíssimo:) especial°° assim como,vc!AMIGA,Meus AWARDS SÃO MEUS CARINHOS ;OS DEIXO AQUI C/ VC,E C/ MUUTOO PRAZER,VIU° e saiba que vc "VC"faz uma somaaaaaaaaaa enormeeee nesse mundo blogueiro viu°°APLAUSOS A VC SEU CANTINHO QUE ADMIRO CADA VEZ MAIS°°PRAZER ENORME VIU,MAS SAIO DAQUI FELIZ,QUE SUA NOITE SEU DIA SEJA PLENO°°ATÉ MAIS AMIGA°° bisous da-bruxinha*melina*-
Sem imagem de perfil

De Shailen a 02.06.2006 às 00:47

Consegui voltar logo desta vez. Hoje é o rodízio do meu carro e eu não fui passear em Osasco como sempre faço, então tive tempo para atualizar o blog e estou aproveitando para fazer as minhas visitinhas.
Meu noivado está sendo muito legal, estou super feliz, especialmente porque a idéia partiu dele. Na maioria das vezes é a mulher que acaba dando algum tipo de indireta (ou direta mesmo) e no nosso caso não foi assim. Eu já fui noiva uma vez e da outra vez foi diferente. Meu ex-noivo só me pediu em noivado porque eu chorei quando uma amiga minha que tinha conhecido um cara há apenas seis meses estava se casando. Eu já estava com ele há dois anos e nada. Quando me desabafei com ele, ele disse: Então vamos ficar noivos.
Não é a mesma coisa. Desta vez, eu nem estava pensando em casar ou noivar e o Moacir me propôs o casamento. Foi uma surpresa muito boa.
Agora sim, sei o que é ser amada e desejada de verdade.

Bjos

Shailen
Sem imagem de perfil

De Shailen a 02.06.2006 às 00:46

Consegui voltar logo desta vez. Hoje é o rodízio do meu carro e eu não fui passear em Osasco como sempre faço, então tive tempo para atualizar o blog e estou aproveitando para fazer as minhas visitinhas.
Meu noivado está sendo muito legal, estou super feliz, especialmente porque a idéia partiu dele. Na maioria das vezes é a mulher que acaba dando algum tipo de indireta (ou direta mesmo) e no nosso caso não foi assim. Eu já fui noiva uma vez e da outra vez foi diferente. Meu ex-noivo só me pediu em noivado porque eu chorei quando uma amiga minha que tinha conhecido um cara há apenas seis meses estava se casando. Eu já estava com ele há dois anos e nada. Quando me desabafei com ele, ele disse: Então vamos ficar noivos.
Não é a mesma coisa. Desta vez, eu nem estava pensando em casar ou noivar e o Moacir me propôs o casamento. Foi uma surpresa muito boa.
Agora sim, sei o que é ser amada e desejada de verdade.

Bjos

Shailen
Sem imagem de perfil

De smareis a 01.06.2006 às 18:23

Olá loba!
Vim agradecer pelo carinho e pelas palavras no meu blog. Muito obrigada.
Bom fim de semana pra ti!
Bjs!
Sem imagem de perfil

De manh0sa diab0lica a 01.06.2006 às 15:12

ooiE, obrigada!
E parabens a vc tambem pelo premio...
Nao entendo o q vc quiz dizer com q sou de poucas palavras, se ironizou por eu nao ter vindo aqui ou se é pelo post pqueno, mas ta valendo.
Nao dei conta de ler todo o teu post, mas o começo estava bem legal.
Bjaozao

Comentar post


Pág. 1/6



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho