Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



RODRIGO MAZZA RAMOS

por Keila, a Loba, em 16.08.11

 

    Que o Senhor te receba e te acolha nos braços, Rodrigo. 

 

 

 

 

 

Estive ausente dos Uivos por alguns dias, mas a consciência de que teria que vir aqui não me deixava quieta. Esses poucos dias de aparente folga não me permitiram reunir material para uma faxina, tampouco repensar estratégias, rever conceitos e tentar crescer com as experiências - dolorosas - que a vida apronta. Na verdade, ainda me sinto adolescer nessa arte que é saber viver, e nem sei se algum dia poderei enumerar as caracteristicas da minha maturidade abertamente exposta, mas literalmente carente de sabedoria.

 

 

     Ainda emocionada e triste por conta do adeus tão precoce ocorrido hoje pela manhã... No sábado 13/08/2011,  Rodrigo Mazza Ramos, o filho do Pimentel, nosso primo e amigo, partiu precocemente fazendo o que ele mais gostava na vida: pular de paraquedas. Rodrigo compunha um quadro de elite de salvamento da aeronautica, com endereço no Rio de Janeiro, mas a poucos dias haviam se estabelecido em Goiás para formar um pelotão especializado em salvamentos perigosos. Pois é... Ele estava de folga com os amigos e resolveram aproveitar o dia, o vento, a vida, e pularam em um aeroporto particular em Campo Grande. Rodrigo não conseguiu vencer uma rajada fortíssima de vento, o paraquedas principal enroscou nele, o paraquedas reserva não abriu, ele caiu em queda livre em uma cerca de arame farpado e teve multiplos traumatismos.  Os amigos, graças a Deus, completaram o salto sem incidentes, mas o Rodrigo não conseguiu. Era o dia em que ele encontraria cara-a-cara a morte, e nenhum dos pais poderia se interpor a esse encontro, embora que Pimentel e Creuza se colocariam no lugar do filho sem pestanejar. E morreriam felizes por preservar a vida do filho. 

 

 Sem conseguir respirar na presença da Sra. Morte, que usou uma proximidade desconcertante para dizer que ela pode levar os filhos primeiro, e só depois os pais, partilho um pouco dessa dor sufocante, contínua e brutal que vi nos olhos dos pais que perdem seus filhos para ela... E sinto um enorme pesar por não haver siginificado e respostas para esse "Por quê?".

 

 

 

      É muito triste.... O pior do enterro ainda estava por vir, que foi ouvir as cornetas de despedidas tocadas pelos militares, a família e amigos aos prantos, as palavras querendo sair da boca sendo abafadas pelas lágrimas, socorrer o pai desesperado, absolutamente dopado de remédios para o coração e tranquilizantes, que precisou sair desmaiado e de cadeiras de rodas do enterro diretamente para o hospital. A mãe, inconsolável, havia desmaiado várias vezes no sábado e domingo, mas precisou guardar energias para consolar a filha que chorava, se contorcia, e não conseguia ficar de pé de tanta dor e sofrimento. Vendo tudo isso, me perguntei várias vezes, o que nos falta para compreender a vida e a morte, quando "a lição, sabemos de cór; só nos resta aprender".

 

       O que nos ensina o Senhor, quando entramos em rota de colisão com a morte de um filho? Será que esse sofrimento tenta nos dizer que precisamos ser melhores? Que Pai é esse, que abrevia uma vida tão certinha como levava o Rodrigo, nos dizendo que é preciso rever conceitos de vida? Será que é assim mesmo? O fato é que me sinto tão inútil quanto as perguntas que agora faço à morte, pois sei que ficarão sem respostas, e o vazio delas alimentará um profundo silêncio e respeito pelo que não sabemos, mas continuará nos atormentando. Seja como for, registrar as reflexões que a perda desse menino nos provoca é olhar para ontem, para hoje e para o amanhã.

 

        Descanse em paz, Rodrigo; e todos os demais, que nesse momento partem e deixam saudades.

 

 

        

 

      

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:39


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Fernanda Carvalho a 16.08.2011 às 20:54

Conheci o Rodrigo no Rio de Janeiro...
Uma pessoa tranquila, calma, uma pessoa maravilhosa, adorava o que fazia... 'eu posso voar' ele me disse...
Quero deixar minha solidariedade para toda a familia e dizer que podem contar comigo para qualquer coisa.
E gostaria de dizer que na hora que aconteceu o acidente eu senti uma dor de cabeça muito forte, acredito que era a ligação entre nós que estava se rompendo... Agradeço ao Rodrigo por ter feito parte da minha vida... onde você estiver que esteja em paz!
Fernanda Carvalho
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 16.08.2011 às 21:14

Sem palavras, Fernanda.... Deixe seu contato para que Pimentel e Creuza possam ler de voce algumas das tantas palavras que confortarão nesse momento ímpar e triste.

Obrigada por se manifestar.

salesjaqueline@gmail.com
Sem imagem de perfil

De Chellot a 18.08.2011 às 20:56

Oi linda essa é uma notícia muito triste. Não há explicação cabível para tal fato. entender e aceitar é muito difícil. E a vida sempre nos envolve da maneira que ela quer.
Desejo força, serenidade e paz no coração.
Beijos doces. Saudades.
Sem imagem de perfil

De Creusa Mazza a 24.08.2011 às 00:31

Jacqueline, estou sem palavras para agradecer sua homenagem...muito emocionante...MUITO OBRIGADA pelo carinho...
Que Deus te abençõe!
Creusa Mazza
Sem imagem de perfil

De janeos@oi.com.br a 28.08.2011 às 21:00

Conheci o Mazza ao acaso aqui em Campo Grande, ele disse quando soube da minha profissão: preciso de uma Psicóloga e riu! Conversamos por horas pessoalmente como estranhos e lembro-me do desabafo dele: "Jane, eu não queria esta aqui, queria voltar para o Rj, mas acho que não vai ter jeito! " Falou por tres horas ininterruptas de boa conversa, coisas de sua vida, de suas dores, dores que acredito só sabermos dizer a " desconhecidos", falou de um grande amor que tinha, a ex-noiva, que segundo ele era um cristal e que sentia muito pela rachadura causada na relação... Li a notícia de seu falecimento quando esta no aeroporto de Campinas, voltando a Campo Grande, é estranho como pessoas passam pela vida da gente e completam de alguma forma sua estada neste mundo. Aos pais fiquem sabendo: foram muitos os elogios e reconhecimentos à família...fiquem em paz, "a meta de vcs como pais foi cumprida", usando as palavras do seu próprio filho!

Jane Oliveira
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 11.09.2011 às 23:51

Eu não me contive, Fernanda, e publiquei seu enconto fantástico com o Rodrigo porque achei tão possível quanto real.

Oi Jaqueline,
Sonhei com Rodrigo...
Ele estava mais novo, cabelo cortado e mais magro... Estava de macacão onde a parte de cima, onde coloca os braços, estava amarrada na cintura e por baixo uma camiseta branca.
Sonhei que estava sentada numa lugar tipo uma sala de espera num galpão. De repente a porta abria e entrava várias pessoas... elas viam caminhando para um lugar onde tinha vários armários (esses armários para guardar coisas pessoais) e o Rodrigo me via e me dava tchau.
Eu levantava e ia ao seu encontro, abraçava e comecei a chorar... e ele rindo dizia "calma Nanda" (como ele me chamava). Eu passava a mão no rosto dele e perguntava várias coisas. Ele falava pouco.. para falar a verdade so me respondeu uma pergunta... perguntei: Você sentiu algo no momento do acidente? Ele: Não... senti uma dor, mas foi rápido. Ele me disse que estava bem, foi embora e a porta do galpão fechou...
Mais eu me senti muito bem do lado dele e senti que ele estava tranquilo, estava bem...

Queria te passar isso.. =(
bjos
Fernanda
Sem imagem de perfil

De Keila, a Loba a 11.09.2011 às 23:52

Emocionante, Nanda.

Não sou espírita, não tenho religião definida, mas creio em várias informações espritualistas sobre a vida e sobre a morte, de forma que o que voce sonhou não me causa nenhuma estranheza. Tenho orado para o Rodrigo todos os dias, até mesmo para confortar um pouco a minha tristeza pela partida tão antecipada desse menino, e tenho sentido uma "vibração" positiva quando dedico uma oração para ele.

No caso, voce foi mais além. Voce esteve com ele e ousou perguntar aquilo que, certamente a afligia, que era saber se ele sofreu durante a queda. Na aeronautica, nos disseram que não deu tempo sentir nada, pois qdo. o paraquedas se fechou, em uma questão de segundos, aconteceu o que seria uma despressurização no corpo e na consciência do Rodrigo - daí ele dizer que sentiu quase nada de dor.

Os amigos que pulavam com ele nos contaram que ele morreu feliz porque estava fazendo o que mais gostava de fazer. O pai dele, o Pimentel, tb nos disse que sempre teve pressentimentos ruins qdo. via Rodrigo com o paraquedas; e que houve uma oportunidade em que ele comentou com o pai que, se um dia morresse durante um salto, a família teria que saber que ele morreria fazendo o que gostava de fazer. Então, Nanda, ele está em paz.

Já que nos cativamos, continuaremos nos comunicando por e-mail, Nanda. Assim espero, pois gosto de saber noticias da sua extremada sensibilidade. E saiba que Pimentel tb lerá o seu relato, uma vez que ele tem sofrido bastante, embora que esteja reagindo com a dignidade de um grande e apaixonado pai.

Beijooooooooooosssssssssss, querida.
Sem imagem de perfil

De Fernanda a 20.12.2011 às 22:13

Ando meio avessa à tecnologia, internet, sites, e por isso somente depois de quatro meses, resolvi ver fotos e relatos do meu amigo e alma gêmea. . Éramos e somos muito parecidos... Amamos a liberdade, amamos comédia, damos gargalhadas altas até doer a barriga... Gostamos de Out back ", admiramos desenhos bem feitos, somos apaixonados por sorvete... Quanta falta, quanto vazio! Que saudade! Você ficou me devendo visitas, risos, confidências... Você não teve tempo de conhecer seu sobrinho paraquedista ... Ele é lindo, Mazza ! É o paraquedista mais querido que já nasceu! Rs ! Aprendi a fazer panqueca e batata recheada, você ia amar essas duas receitas... Descobri um sorvete de frutas vermelhas espetacular ... Consegui montar uma casa que tem até X BOX360 , você certamente ficaria horas em frente à televisão! Que saudade de falar besteiras até altas horas... Que saudade de ouvir você falar: Pô Fê me apresenta uma amiga! Pô Fê monta um kit hospitalar pra mim, vai começar o SAR , o PQD , o Comandos... Ah, Mazza ! A Maria está tão grande, tão linda, tão esperta... Ela diz que vai ser tenente pra mandar nos soldados... Essa é das suas! Que saudade de te ouvir falar mal da transferência, de Campo Grande, e do desejo de retornar ao Rio! Que saudade de ser sua conselheira sentimental e ouvir seus fiascos amorosos! Você me deixou órfã dos seus conselhos, suas gargalhadas, suas canções militares, seu recitar poemas e canções paraquedistas sem um erro sequer... A minha vida caminha bem... Eu e o Eduardo estamos felizes, as crianças são saudáveis e lindas! Obrigada até por me proteger de "gente" que nasce cobra disfarçado de família... Você será pra sempre o meu irmão-amigo "! Obrigada por ter me escolhido para amiga, irmã, confidente e madrinha da formatura de PQD ... Nunca vou esquecer o seu choro de felicidade ao colocar a boina! "Só, só PQD , PQD , usa boina, boot e brevê !!
Amigo, você só poderia se despedir de duas maneiras: Afogado numa piscina de sorvete, ou saltando... Seu até breve foi digno de alguém que fazia o que amava... Agradeço a Deus por sua vida! Que bom ter tido você, ainda que por tão precoce tempo... Saudades, cabeçudo! Te amo! Fernanda.

Sem imagem de perfil

De Ana a 09.02.2012 às 07:58

De loba para Loba; Este blogue não deveria morrer...
Sem imagem de perfil

De Fernanda Carvalho a 20.08.2012 às 22:10

1 ano sem Rodrigo... 13/08/2012!
Sempre será lembrado por mim...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.04.2014 às 15:54

Rodrigo, minha pequena nasceu. 27/11/13.Catarina é linda.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.04.2014 às 15:54

Rodrigo, minha pequena nasceu. 27/11/13.Catarina é linda.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho