Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O TEMPO

por Keila, a Loba, em 02.01.06
4764_destaque2005a.gif


Da minha Lobabelha Regina, do Bella Mistura, que me emociona ao Uivar com gosto e jeito de

premiação de ano novo, o meu muito obrigada e a certeza da minha amizade e admiração. Te adoro,

Abelhinha!

Tempo.bmp


Há dias estou meditando sobre a dimensão tempo.

Tenho procurado entender as complicadas teias que envolvem o meu projeto pessoal de vida,
estou absolutamente envolvida com a necessidade de compreender por quais caminhos seguem os

propósitos da minha luta pessoal,
também as variações pelas quais as conduzi ao longo dos anos, e por todas as vidas,
mas é doloroso constatar que tenho corrido em direção às pequenas alegrias a passos incertos,
mas chorar e lamentar as grandes tristezas tem sido quase uma rotina.

Quando me olho no espelho e vejo o tempo consumindo com rapidez algumas esperanças,
quando sinto o sabor amargo das poucas conquistas - e que me fizeram tão feliz -,
a vida me conduz à necessária postura do alegrar-se de forma contida;
e é só aí que vejo o tempo mostrar-se sem nenhuma vergonha.

Trajando o seu habitual manto, ornado com uma dolorosa sabedoria,
o Senhor Tempo mostra com desenvoltura o quê e como eu deveria ser,
Ele sinaliza para o tempo que me resta, é implacável quando me critica,
mas os caminhos para chegar lá, na terra dos felizes e em paz... ah, esses, eu terei que

encontrá-los sozinha!

O Tempo não tem amigos pessoais, só ocasionais,
e ele sempre arruma um jeitinho para seduzir as pessoas.

Continuar a caminhada é o que resta a uma velha e cansada Loba,
que já não Uiva como outrora,
quando as noites de Lua cheia e céu estrelado a conduziam a mais alta colina só para estar mais

perto de si e de Deus.

Uivar é agora é um ato solitário e silencioso, não menos forte ou carregado de emoção como

antigamente,
mas embalado nas cantigas que o Tempo cantou só para a Loba.

O Haver
Vinícius de Moraes

Resta essa vontade de chorar diante da beleza
Essa cólera em face da injustiça e o mal entendido
Essa imensa piedade de si mesmo, essa imensa
Piedade de si mesmo e de sua força inútil.

Resta esse sentimento de infância subitamente desentranhada
De pequenos absurdos, essa capacidade
De rir à toa, esse ridículo desejo de ser útil
E essa coragem para comprometer-se sem necessidade.

Resta essa distração, essa disponibilidade, essa vagueza
De quem sabe que tudo já foi como será no vir-a-ser
E ao mesmo tempo essa vontade de servir, essa
Contemporaneidade com o amanhã dos que não tiveram ontem nem hoje.

Resta essa faculdade incoercível de sonhar
De transfigurar a realidade, dentro dessa incapacidade
De aceita-la tal como é, e essa visão
Ampla dos acontecimentos, essa impressionante

E desnecessária presciência, e essa memória anterior
De mundos inexistentes, e esse heroísmo
Estático, e essa pequenina luz indecifrável
A que às vezes os poetas dão o nome de esperança.

Resta esse desejo de sentir-se igual a todos
De refletir-se em olhares sem curiosidade e sem memória
Resta essa pobreza intrinseca, essa vaidade
De não querer ser princesa senão do seu reino.

Resta esse constante esforço para caminhar dentro do labirinto
Esse eterno levantar-se depois de cada queda
Essa busca de equilíbrio no fio da navalha
Essa terrível coragem diante do grande medo, e esse medo
Infantil de ter pequenas coragens.


Aos que Uivam na toca da Loba, também aos que ainda não Uivaram nas noites estreladas e Lua

cheia, que as luzes de 2006 tragam todas as alegrias e a paz que um coração sedento pode desejar.

FELIZ ANO NOVO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:00


29 comentários

Sem imagem de perfil

De Laisa a 08.01.2006 às 22:44

Keila!!! Não fica assim não... faz pouco tempo que te conheço, mais por todos os textos que li no seu blog, vc fez e faz tantas coisas maravilhosas nessa vida.
Amiga! Vc FOI, É e SEMPRE será uma VERDADEIRA GUERREIRA.
Infelizmente, esse mesmo tempo que muitas vezes nos faz sentir assim...é o mesmo que nos da força para continuarmos nossa caminhada nessa vida.
Que 2006 seja um ano de muita saúde, sucesso e paz de espírito para vc...Fica bem...

Bjus fraternos
Sem imagem de perfil

De Lika a 08.01.2006 às 01:48

Oi, meu nome é Aline e estava nos blogs mais atualizados e vi o seu e sinceramente está mtu lindo parabens,Mas antes se puder passa lá nu meu bloguinhu e deixa uma markinha pliss!!! Fikarei mtu feliz em te ver lá!!!
Sem imagem de perfil

De Anna a 07.01.2006 às 18:11

Querida Loba sinto uma tristeza no ar... apesar dos obstáculos em nossas vidas, sempre é melhor achar que o dia de amanhã será melhor do que o de hoje!
Bjos
Anna
Sem imagem de perfil

De Anna a 07.01.2006 às 18:10

Querida Loba sinto uma tristeza no ar... apesar dos obstáculos em nossas vidas, sempre é melhor achar que o dia de amanhã será melhor do que o de hoje!
Bjos
Anna
Sem imagem de perfil

De Patty a 07.01.2006 às 17:07

Oi eu aqui tra vez!!!Para deixar um super beijinho e dizer que tenho muuuuuuitas saudades.Cadê você??Sua ausência é sentida com tristeza viu!!Dá um ponta pé, nesse baixo astral...a vida é tão curtinha...Mil bjs e bom fim de semana.
Sem imagem de perfil

De Lucia Mi a 07.01.2006 às 01:12

Queria tanto conversar com você..! Desolada por saber que ainda não melhorou. Eu, capengando ou fingindo vou seguindo.
Beijos minha loba, forte amiga loba!
Sem imagem de perfil

De Cigana a 06.01.2006 às 22:55

Olá amiga como está??
Passando para ver as novidades e desejar um super fim de semana, cheio de Paz, Luz e muita Alegria!!=)
Beijinhos!=)
**PAZ&LUZ**
Sem imagem de perfil

De Patty a 06.01.2006 às 16:10

O QUE UM AMIGO PODE
(Autor:Silvia Schimidt)


Eu não posso acabar com todos OS seus problemas, dúvidas ou medos,
Mas eu posso ouvir você e juntos podemos procurar soluções.

Eu não posso apagar as mágoas e as dores do seu passado nem posso
Decidir qual será o seu futuro, mas no presente eu posso estar com
você se precisar de mim.

Eu não posso impedir que você leve tombos, mas posso oferecer minha
mão para você agarrar e levantar-se.
Suas alegrias, triunfos, sucessos e felicidades não me pertencem,
Mas seus risos e sorrisos fazem parte dos meus maiores bens.

Não é de minha alçada tomar decisões por você, nem posso julgar
As decisões que você toma,mas eu posso apoiar,
Encorajar e ajudar se me pedir.

Eu não posso traçar ou impor-lhe limites,mas posso apontar-lhe
Caminhos alternativos, procurar com você medidas de crescimento,
Formas de encontrar-se, meios de ser você mesmo sem medo DA rejeição.

Eu não posso salvar o seu coração de ser partido pela dor,pela mágoa,
Perda ou tristeza, mas posso chorar com você e ajudá-lo a juntar OS pedaços.

Eu não posso dizer quem você é ou como deveria ser:
Eu só posso amar você e ser sua Amiga!

**************BJS E BOM FIM DE SEMANA****************
Sem imagem de perfil

De aguas da vida a 06.01.2006 às 14:42

Ola querida!!! Meu post de hoje é muito triste é sobre o massacre de baleias na Australia por japoneses, vale a pena ler para saber o que acontece com esses pobres animais. Beijos
Sem imagem de perfil

De Jorge a 06.01.2006 às 03:37

Olá querida...
Um ótimo 2006 para você também...
Colocando as fofocas em dia... continuo no weblogger (devo postar até o início da semana)... contudo... conseguiram um lugar para o "palhaço" no blogger também...
Estou organizando por lá... quando estiver ok... aviso... embora... acredito que manterei a dualidade de blogs (vai saber)...
Beijos...

Comentar post


Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2006
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2005
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D



Há quem observa com atenção, senta, e se interessa em saber quem sou.


Blog Brasileiro, do Ceará para o Mundo


Adoro ouvir o barulho da chuva batendo no telhado, tomar banho de cachoeira, observar os pássaros, cuidar de animais, conversar com pessoas, aprender, rir à toa, ouvir música e viajar.
Transito livremente no mundo dos contos, da fantasia, da intuição, e às vezes dos exageros.
Gosto de pessoas com coração e olhos de poeta.
Pisciana, com ascendente em escorpião.
Mulher de Netuno, arquétipo água: mutável, humanista, idealista, sonhadora; aparentemente passiva, mas extremamente reacionária, autoritária, insegura e adaptável.
Mãe da Fernanda e da Camilla, casada com o Fernando.
Terapeuta ocupacional, estudante de psicologia.

Image Hosted by ImageShack.us

Uma eterna peregrinação...
Programa Reviver
Jaqueline Sales


CLIQUE PARA OUVIR


Quantos me visitam...









Uma cidadã lupina no mundo e do mundo



Guest-Book
Image Hosted by ImageShack.us
Livre D'or




Nada é permanente, a não ser a mudança


Uploaded with ImageShack.us
Nascer
Crescer
Aprender
Viver
Mudar
Sofrer
Amar
Morrer
Começar tudo de novo...
Até saber quem somos e a que viemos



A vida em imagens


.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•☆ Infinita e Impermanente como a vida, são as imagens.... ☆.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•




Obrigada pela sua visita!

☆≈≈≈Cinderela, mascote dos Uivos da Loba≈≈≈☆


Jaqueline Sales Sales

Criar seu atalho