Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



SOBRE A VIDA

por Keila, a Loba, em 11.06.09


 

Image Hosted by ImageShack.us


Amigos, estou tal e qual o homem que tenta ver a vida do alto de uma colina: ansiosa, um pouco confusa, mas tentando ver um sentido, uma luz, visualizar um novo caminho na vida, quem sabe.

No início dessa semana, estive conversando longamente com um amigo, e ele me disse em tom sério, “Sabe, o seu grande mal é sonhar demais”. E eu concordei. Demoramos mais alguns minutos trocando idéias, mas as suas palavras não me saíam da cabeça – sonhadora demais.

Nos despedimos. Fui para casa pensando em como eu devo incomodar as pessoas por acreditar no que sou capaz, de como ainda é possível..., na possibilidade de reunir potenciais para fazer acontecer, em fazer diferente... clichês que a gente lança mão sempre que se vê “aperreada” em função da opinião alheia. Pensei tanto, que cheguei em casa com dor de cabeça
.
À noite, enquanto dormia, sonhei com meus pais sorrindo, me abraçando, e me dizendo que eu precisava tomar os remédios o mais rapidamente possível. No sonho, minha mãe segurava firme a colher, com uma dose de remédio, e me dizia que já havia passado alguns minutos do horário da medicação. Eu, sem compreender a preocupação excessiva da minha mãe, perguntei, por fim, a indicação daquele remédio. Firme, e olhando nos meus olhos, “mainha” me disse: “É pra você crescer, minha filha”.

Amigos, peço desculpas pelas visitas sem retorno, pelo silêncio e pela ausência. Estou quase voltando, amigos. Mais só um pouquinho.... estou voltando.



Três pessoas que passavam em uma pequena caravana, observaram um homem contemplando o entardecer do alto de uma montanha, de onde se via o Deserto do Saara.


Image Hosted by ImageShack.us


“Deve ser um pastor que perdeu uma ovelha, e procura saber onde está”, disse o primeiro homem.

“Não, não creio que esteja procurando algo, muito menos na hora do pôr-do-sol, onde a vista fica confusa. Acho que espera um amigo”, disse o segundo.

“Garanto que é um homem santo, e procura a iluminação”, comentou o terceiro.


Começaram a comentar o que o tal homem fazia, e tanto se empenharam na discussão que quase terminaram brigando. Finalmente, para resolver quem tinha razão, decidiram subir a montanha e ir até o homem.

“O senhor está procurando sua ovelha?”, perguntou o primeiro.

“Não, não tenho rebanho”.

“Então, com certeza, espera alguém”, afirmou o segundo.

“Sou um homem solitário, que vive no deserto”, foi a resposta.

“Por viver no deserto, e na solidão, devemos acreditar que é um santo, em busca de Deus, e está meditando!”, disse, contente, o terceiro homem.

“Será que tudo na Terra precisa ter uma explicação? Pois então, eu explico: estou aqui apenas olhando o pôr-do-sol. Isso não basta para dar um sentido às nossas vidas?”

Paulo Coelho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:32


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Luma a 15.06.2009 às 02:17

Não vejo maol nenhum que sonhe, contanto que veja também a realidade. Sem sonhos nos tornamos pessoas amargas. Vê aí se esse seu amigo não é uma dessas pessoas. O sonho foi apenas autosugestão; dormiu preocupada com isso. Não se preocupe, te acho madura, já enfrentou tanta barra, cresce não! A vida fica chata!! ;) Beijus

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

subscrever feeds